Mantega: países europeus devem seguir exemplo da Alemanha e aprovar fundo contra crise

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, elogiou a aprovação, pelo Parlamento da Alemanha, da lei que amplia o fundo de resgate da zona do euro, que será usado para ajudar países em crise. Para o ministro, é importante que o exemplo seja seguido por outras nações do bloco.

“Essa é uma notícia muito boa que dá condições para que a União Europeia possa reagir melhor a essa crise. Espero que os demais parlamentos europeus também aprovem essa lei o mais rápido possível”, disse Mantega hoje ao deixar o ministério, a caminho do Palácio do Planalto, onde participará da reunião do Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial (CNDI).

A Alemanha é o 11º país dos 17 integrantes da zona do euro a aprovar o aumento de valores para o fundo, que agora contará com 440 bilhões de euros. Os parlamentos da Finlândia, da Espanha, da Bélgica, da França, da Grécia, da Irlanda, da Itália, de Luxemburgo, de Portugal e da Eslovênia já aprovaram a proposta. Faltam ainda seis: Áustria, Chipre, Eslováquia, Estônia, Holanda e Malta.

Mantega não quis comentar a redução da projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), de 4% para 3,5% neste ano, feita pelo Banco Central.