EUA manterão busca por tratados comerciais após aprovação de pendentes

Os Estados Unidos continuarão buscando novos tratados de livre comércio (TLC) após a aprovação dos três tratados pendentes no Congresso, com Colômbia, Panamá e Coreia do Sul, declarou nesta quinta-feira o subsecretário de Comércio, Francisco Sánchez. 

"Cortar barreiras comerciais é absolutamente vital para nosso país, é vital", disse Sánchez a jornalistas. 

Os tratados pendentes, cuja aprovação deve ser ainda debatida no Congresso, foram negociados sob o chamado "fast track" ou "via rápida", mecanismo que obriga os legisladores a aprovar os TLC sem emendas e de forma acelerada. 

O presidente Barack Obama, no entanto, já não dispõe desse recurso, a menos de que ele seja reautorizado pelo Congresso. 

Também o programa de Assistência do Ajuste Comercial (TAA) está a ponto de ser aprovado pelo Congresso, junto de outro acordo, o Sistema Geral de Preferências tarifárias, que beneficia as exportações de países em desenvolvimento. 

Sánchez informou que participará na semana que vem do V fórum de Competitividade das Américas em Santo Domingo, junto da secretária de Estado, Hillary Clinton. 

"Espero que Estados Unidos aprendam com nossos vizinhos do sul, alguns dos quais saíram da tormenta (financeira) bastante bem", disse.