Dólar chega a R$1,90, e governo realiza mais intervenções

O dólar fechou em alte de 2,26%, a R$1,90 para venda. Essa é a maior cotação de fechamento desde setembro de 2009, mas o Banco Central evitou um alta maior com uma intervenção no mercado futuro.

O BC voltou a usar contratos de swaps tradicionais pela primeira vez desde junho de 2009. Após a intervenção, a moeda chegou a baixar quase 1 por cento, a R$1,85.

Com a medida do governo, alguns investidores avaliaram que a moeda pode subir menos após ter se valorizado 19 por cento somente neste mês, o que os fez rever a estratégia de câmbio.

Outros ainda temem que o medo de uma recessão global e que uma crise grave na Europa possa afetar o mercado brasileiro.

O BC justifica a intervenção no mercado futuro com a avaliação de que o fluxo de dólares para o país se mantém, eliminando a necessidade de queimar reservas internacionais para aumentar a oferta de moeda estrangeira no mercado à vista.

Com o Portal Terra