Emissão de títulos italianos tem forte alta dos juros 

A Itália captou nesta terça-feira € 3,865 bilhões (US$ 5,256 bilhões) em uma emissão de títulos a cinco anos, uma operação com taxa de juros de 5,60%, uma forte alta na comparação com a última emissão similar (4,93%), em um novo sinal de desconfiança dos mercados.

O ministro italiano das Finanças, Giulio Tremonti, anunciou antes da emissão que se reuniu na semana passada com o presidente do fundo soberano chinês CIC, no momento em que a Itália é pressionada pelos mercados financeiros.

Além da operação a cinco anos, a Itália captou € 688 milhões na emissão de títulos a sete anos, com juros de 5,59% (4,95% na última operação similar); 740 milhões em títulos com vencimento em fevereiro de 2020 a juros de 5,49% (3,48% na operação anterior); e 1,192 bilhão em bônus com vencimento em setembro de 2020 a 5,47% de juros (contra 3,92%).