Chicago: milho fecha em alta; trigo e soja recuam

Os preços do trigo, da soja e do milho terminaram o pregão com sinais variados na segunda-feira (12) em Chicago, com o mercado reagindo negativamente ao relatório mensal do Departamento de Agricultura americano (USDA, na sigla em inglês) sobre a oferta e a demanda das commodities.

No Chicago Board of Trade, o bushel (35 l) de milho para entrega em dezembro terminou o dia cotado a 7,4550 dólares, em alta de 1,22% em relação à sexta-feira.

O bushel de soja para entrega em novembro terminou a 13,96 dólares, contra 14,2675 dólares (-2,16%) no pregão anterior.

O contrato de trigo para dezembro terminou a 7,2725 dólares, contra os 7,2975 dólares de sexta-feira (-0,34%).

"O relatório foi recebido de maneira negativa em grande parte porque as expectativas de produção americana de soja foram revisadas para cima de maneira surpreendente", disse o analista da Doane Advisory Services, Bill Nelson.

Para o período 2011-2012, o muito esperado documento do USDA revelou projeções de produção nacional de grãos de soja de 83,97 milhões de toneladas (MT) contra 83,17 MT estimadas em agosto, assim como reservas finais de 4,48 MT contra as 4,22 MT previstas anteriormente.

"Esta revisão em alta surpreendeu o mercado, uma vez que as condições meteorológicas foram muito ruins em agosto. O governo foi sem dúvida bastante prudente no momento de fazer seus previsões precedentes", afirmou Nelson.

Os analistas esperavam uma baixa dos rendimentos e das reservas de soja e de milho.

O relatório do USDA revisou em forte baixa suas ações de produção de trigo para 2011-2012, por causa da seca que sofreu neste verão a região central dos Estados Unidos.

Assim, o USDA prevê um rendimento dos grãos de trigo de 317,44 MT em agosto contra as 328,03 MT estimadas em julho, o que representa uma baixa de 10 MT.

"Trata-se do rendimento mais baixo desde a colheita 2005/2006", disse a USDA.

A alta dos preços de milho também foi afetada pelo aumento dos preços do petróleo, pois o milho serve para fabricar etanol.