Mercado do petróleo e bolsas asiáticas parecem não refletir crise na Líbia

A crise na Líbia e a expectativa de desfecho dos embates da oposição com o governo do presidente Muamar Kadafi parecem não assustar o comércio do petróleo no mundo nem as bolsas asiáticas. No Japão, a bolsa fechou hoje em alta, registrando 1,22% a mais do que os índices de ontem.

O barril do brent abriu hoje em alta de US$ 108,85 no mercado de futuros de Londres, mais US$ 0,49 em comparação à sessão de ontem.

Paralelamente, a Bolsa de Tóquio fechou hoje em alta com mais 104,88 pontos, o equivalente a 1,22%, superior ao registrado ontem, com o índice Nikkei cotado a 8.733,01 pontos. 

O índice Topix também fechou em alta com mais 7,55 pontos – o equivalente a 1,02% a mais.

O índice Nikkei reflete a média não ponderada dos 225 valores negociados na Bolsa de Tóquio, enquanto o indicador Topix reúne os valores das 1.600 maiores empresas cotadas.