Eike Batista diz que pode participar de leilão de aeroportos

O empresário do grupo EBX, Eike Batista, avalia participar da licitação de aeroportos programada para acontecer no fim do ano. O governo deve ceder concessões à iniciativa privada dos aeroportos de Guarulhos, em São Paulo, e Viracopos, em Brasília. Eike participaria com um parceiro estrangeiro privado. 

"Não temos nenhum aeroporto em vista, mas estamos estudando. Podemos participar com uma empresa estrangeira, não seria com ninguém no Brasil", disse Eike a jornalistas após participar de um evento promovido pelo grupo de líderes empresariais Lide.

Eike afirmou, ainda, que os aeroportos brasileiros são mal explorados e ineficientes, além de serem atualmente incapazes de atender à demanda crescente no país.

"O negócio de aeroportos no Brasil é mal explorado. Os aeroportos são muito pequenos, não atendem ao volume de passageiros e precisam ter mais conveniência com lojas bacanas e mais equipamentos", disse o executivo.

Eike frisou que seria a primeira investida dele no ramo e que o seu maior interesse seria a melhora da logística do país. "Tem sinergia logística quando dá pra você fazer algo mais eficiente e melhor. Nós somos um mega arbitrador de ineficiências no Brasil", declarou o executivo. "Gosto de arbitrar ineficiências no Brasil, essa é uma oportunidade".