Eurozona tem crescimento de apenas 0,2% no 2º trimestre

O crescimento dos 17 países da Eurozona foi de 0,2% no segundo trimestre do ano, em uma clara desaceleração em comparação ao 0,8% registrado no trimestre anterior, anunciou a agência europeia de estatísticas Eurostat.

O dado reflete a desaceleração das duas principais economias deste espaço monetário de 330 milhões de habitantes: a Alemanha, que cresceu 0,1% em abril-junho depois de um avanço de 1,3% em janeiro-março, e a França, que registrou estagnação após 0,9% no período anterior.

O resultado da Eurozona ficou abaixo da expectativa média de 0,3% dos analistas consultados pela agência Dow Jones.

A desaceleração vai no sentido contrário das tendências nos Estados Unidos e Japão.

Nos Estados Unidos, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) passou de 0,1% a 0,3% entre os dois trimestres. No Japão, devastado pelo terremoto e tsunami de março, a contração foi de -0,9% no primeiro trimestre e de -0,3% no segundo.