Estudo: maioria das mulheres das classes B e C investem em poupança

A maioria das mulheres das classes B e C tem na poupança seu principal foco de investimentos. Segundo dados da pesquisa divulgada nesta segunda-feira pela consultoria Quorum Brasil, 78% das mulheres destas classes peferem investir sua renda em poupança.

A pesquisa também revelou que 60% da renda dessas classes de mulheres é gasta com moradia, prestações para melhoria de vida e educação. Os gastos com transportes, saúde e vestuário consomem, respectivamente, 13%, 9% e 8% da renda.

O estudo foi realizado com 400 mulheres empregadas de São Paulo, com idades entre 25 e 55 anos. Foram consideradas pertencentes a classe B mulheres com renda de R$ 2.501 a R$ 5.000 e da classe C com renda familiar de R$ 1.100 a R$ 2.500.