Abramat reivindica isenção de IPI para novos itens

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) notificou que o presidente da entidade, Melvyn Fox, vai solicitar nesta quarta-feira a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para mais de trinta itens utilizados na construção civil, que incluem os segmentos de aço, tubos e conexões, materiais elétricos, pisos laminados e telhas.

O executivo participará de reunião do Grupo Avançado da Competitividade, promovido pelo Ministério da Fazenda, em Brasília, onde serão discutidos, dentre outros assuntos, a elevada carga tributária do setor, custos elevados de energia (elétrica e gás) e encargos sociais.

“Na semana passada conseguimos uma grande vitória junto ao governo, quando conquistamos a prorrogação da isenção do IPI para uma lista de mais de 80 produtos até dezembro de 2012, mas precisamos ampliar essa lista e garantir a prorrogação desse benefício para impulsionar o setor”, disse Fox em comunicado.