Wall Street fecha estável, afetada por ações da Caterpillar

A Bolsa de Nova York fechou sem direção nesta sexta-feira, com a ação da Caterpillar afetando o principal índice nova-iorquino, em meio a uma série de resultados mistos: o Dow Jones perdeu 0,34%, mas o Nasdaq ganhou 0,86%.

Segundo dados definitivos, o Dow Jones Industrial Average cedeu 43,25 pontos, a 12.681,16 pontos, enquanto o Nasdaq, dominado pelo setor tecnológico, subiu 24,40 pontos, a 2.858,83 pontos.

O índice ampliado Standard & Poor''s 500 subiu 0,09% (ou 1,22 pontos) a 1.345,02 pontos.

Na ausência de indicadores econômicos, o pregão foi animado principalmente por uma série de resultados trimestrais, "uma boa leva, mas atenuada pela decepção da Caterpillar", observou Peter Cardillo, da Avalon Partners.

Os papéis da montadora de maquinário de construção, um dos pesos pesados do Dow Jones, caiu 5,78%, a 105,15 dólares, derrubando o principal índice da bolsa durante todo o pregão.

O grupo não respondeu às previsões dos analistas com um lucro por ação de 1,72 dólar no segundo trimestre contra 1,79 dólar esperado.

"Em geral, a temporada de resultados parece um pouco melhor que o esperado, mas não tem o brilho dos trimestres anteriores", observou Frederic Dickson, da D.A. Davidson.

Como consequência, o mercado fez uma pequena pausa depois dos ganhos da véspera, conseguidos depois do anúncio de um acordo na Europa sobre um segundo plano de resgate à Grécia e evitar a propagação da crise da dívida no continente.

O anúncio do acordo na Europa colocou em evidência o problema do limite da dívida nos Estados Unidos, que continua bloqueado e concentra a atenção dos investidores antes do fim de semana.

"É a questão mais importante e se espera que o teto da dívida seja ampliado, mas o nível de confiança de que isso ocorra não é muito alto", constatou Hugh Johnson, da Hugh Johnson Advisors. A ausência de um acordo entre democratas e republicanos provocaria uma crise política e financeira maior.

O mercado de títulos subiu. O rendimento dos títulos do Tesouro de 10 anos caiu para 2,964% contra 3,010% na noite de quinta-feira, e os títulos de 30 anos para 4,260% contra 4,315%. O rendimento dos títulos evolui no sentido oposto a seus preços.