Fitch colocará a dívida da Grécia a longo prazo em 'default parcial'

A agência de classificação financeira Fitch Ratings anunciou nesta sexta-feira que vai colocar em 'default parcial' a nota da Grécia, um dia depois de ser acertado um novo plano de ajuda europeu de 160 bilhões de euros para evitar a falência de Atenas.

A agência considera importante e positivo o acordo dos países da zona euro para conter a crise na região, mas assegura que a Grécia entrará numa situação de default parcial de sua atual dívida, segundo os critérios da Fitch.

O novo plano de resgate - que implica uma contribuição dos credores privados - modifica os termos iniciais dos empréstimos concedidos, daí a decisão de anunciar um default por parte desta agência.

A Fitch é a primeira das três grandes agências (com a Moody´s e a Standard & Poors) a se pronunciar sobre o novo pacote da Grécia.