NY Times tem perdas mais pesadas que o previsto

O grupo de imprensa do New York Times publicou nesta quinta-feira uma perda líquida de US$ 119,7 milhões para o segundo trimestre, devido essencialmente a depreciações de ativos, mas comemorou o sucesso de sua edição paga na internet.

Sem levar em conta elementos excepcionais, o grupo, que reúne o New York Times, o Boston Globe, o International Herald Tribune, 15 outros jornais e o site About.com, registrou um lucro de 14 centavos por ação, muito superior aos 9 centavos previstos pelos analistas.O volume de negócios, afetado pela queda das receitas publicitárias (-4%, a 302,3 milhões de dólares), retrocedeu 2,2%, a US$ 576,7 milhões , valor levemente inferior ao esperado pelos analistas (-0,1% a 577 milhões de dólares).