Serasa: atividade do comércio desacelera em 2011

SÃO PAULO - A atividade do comércio cresceu em um ritmo mais lento no primeiro trimestre de 2011. A elevação registrada foi de 8,5% de janeiro a março, ficando abaixo dos 10,3% verificados durante o ano de 2010. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pela Serasa Experian.

O mês de março apresentou elevação de 5,5% na atividade do comércio, em relação ao mesmo mês do ano anterior. O terceiro mês do ano registrou retração de 0,8% ante fevereiro de 2011.

O segmento de destaque deste primeiro trimestre no varejo foi o de material de construção, que apresentou alta de 14,1% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em seguida o setor de móveis, eletrônicos e informática registrou elevação de 8,9%. Por outro lado, o seguimento de veículos, motos e peças teve recuou 1,6%, enquanto que tecidos vestuário, calçados e acessórios teve variação negativa de 1% no primeiro trimestre de 2011.

De acordo com economistas da Serasa, a desaceleração verificada no varejo neste início de ano é reflexo das medidas tomadas pelo governo federal de restrição ao crédito e aumento da taxa de juros, com o intuito de conter uma pressão inflacionária.