IPC-S recua para 0,49% em fevereiro

RIO - O índice de preços ao consumidor semanal (IPC-S), de 28 de fevereiro de 2011, apresentou variação de 0,49%, 0,12 ponto percentual abaixo da taxa registrada na última divulgação, de acordo com dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Com este resultado, o índice acumula variação 1,77% no ano e 6,02%, em 12 meses.

A principal contribuição para a desaceleração do índice partiu do grupo Transportes, cuja taxa passou de 1,76% para 1,16%. Nesta classe de despesa, vale destacar o comportamento do item tarifa de ônibus urbano, cuja taxa passou de 3,04% para 1,11%.

Também contribuíram para o recuo da taxa do IPC-S os grupos: Educação, Leitura e Recreação (1,16% para 0,44%), Alimentação (0,17% para 0,12%) e Despesas Diversas (1,51% para 1,49%). Nestes grupos, os destaques foram: cursos formais (1,14% para 0,00%), hortaliças e legumes (5,73% para 4,53%) e jogo lotérico (11,24% para 9,36%), nesta ordem.

Em contrapartida, registraram acréscimos em suas taxas de variação os grupos: Vestuário (-0,65% para -0,17%), Habitação (0,54% para 0,58%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,40% para 0,41%). As principais influências partiram dos itens: roupas (-1,02% para -0,42%), empregados domésticos (1,43% para 1,84%) e salão de beleza (0,30% para 0,46%), respectivamente.