Exportação atinge US$ 16,7 bilhões e é recorde para fevereiro

A exportação de produtos brasileiros em fevereiro alcançou a marca de US$ 16,7 bilhões e atingiu recorde histórico para o mês, superando o registrado em fevereiro de 2008. As importações também atingiram recorde, somando US$ 15,5 bilhões, o que deixou um saldo positivo nas contas brasileiras de US$ 1,2 bilhão.

O primeiro bimestre do ano também registrou recorde no volume de recursos negociados com outros países. Houve um aumento de 26% nas exportações e 20,7% nas importações nos dois primeiros meses de 2011, ante mesmo período de 2010.

Segundo o secretário executivo adjunto do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), Ricardo Schaefer, as exportações brasileiras já alcançaram o patamar pré-crise: R$ 31,9 bilhões na soma de janeiro e fevereiro de 2011. "A estratégia do governo de diversificar os mercados foi positiva porque a gente percebe uma tendência das exportações brasileiras seguirem a mesma tendência do crescimento da economia mundial", disse.

Nos últimos meses, o Brasil vem desvinculando a maior parte das suas exportações dos mercados americanos e europeus, que ainda não se recuperaram completamente da crise financeira de 2008. "À medida que o Brasil é menos dependente da União Europeia e dos Estados Unidos, e esses dois mercados vão apresentar baixo dinamismo no crescimento dos próximos anos, isso nos dá mais segurança", disse o secretário do MDIC.

Segundo projeções internacionais, a Ásia deve crescer entre 7% e 9% este ano, a União Europeia chegará a 2%, os Estados Unidos, 3%, o Oriente Médio, 4%, África, 6%, e a América Latina, entre 4% e 5%.

De acordo com Ricardo Schaefer, desde dezembro do ano passado as exportações brasileiras têm sido maior que as importações, principalmente por conta da venda de commodities e produtos industrializados brasileiros para mercados externos. Apesar da meta do governo de exportar mais produtos industrializados do que matéria-prima, os básicos ainda representam um grande peso nas exportações brasileiras.