Bovespa tem seu pior dia em três semanas e cai 1,62%

 

O aumento de tensões no Oriente Médio, que refletiu no aumento do petróleo, forçou o Bovespa a ter a maior queda em três semanas de operação. O Ibovespa caiu 1,62%, aos 66.292 pontos, com um giro financeiro que somou R$ 5,7 bilhões.

Devido aos cortes no Orçamento do governo que já eram aguardados, as ações das construtoras ligadas ao programa habitacional Minha Casa, Minha Vida também tiveram um forte queda pela segunda sessão. As companhias aéreas sofreram um forte baque pelo preço alto do petróleo, pois costumam destinar grande parte de seu orçamento para gastos com combustíveis.