Desemprego cresce para 6,1% em janeiro

RIO - A taxa de desemprego cresceu para 6,1% em janeiro de 2011, com alta de 0,8% na comparação com o mês anterior, de acordo com dados divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já em relação ao mesmo mês do ano passado, o indicador caiu 1,1%.

Segundo o instituto, apesar da alta, essa foi a menor taxa para os meses de janeiro, desde 2003. A população desocupada cresceu 13,7% em relação a dezembro e caiu 15,6% em relação a janeiro do ano passado, totalizando 1,423 milhão de pessoas.

Já a população ocupada recuou 1,6% em relação a dezembro e cresceu 2,2% em relação a janeiro de 2010, somando 22,08 milhões de pessoas.

O número de trabalhadores com carteira de trabalho assinada ficou estável no primeiro mês deste ano e cresceu 6,6% no ano, chegando a 10,474 milhões.

O rendimento médio real dos trabalhadores subiu 0,5% no mês e 5,3% no ano, para R$ 1.538,30

Por fim, a massa de rendimento médio real habitual caiu 0,8% no mês e subiu 8,4% no ano, atingindo R$ 34,6 bilhões. E a massa de rendimento médio real efetivo (estimada para dezembro de 2010 em R$ 42,9 bilhões) cresceu 18,3% no mês e 8,6% no ano.