Inflação em São Paulo tem a maior alta dos últimos 12 meses

SÃO PAULO - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), na cidade de São Paulo, atingiu 1,15% no encerramento de janeiro. Foi a taxa mais elevada na variação mensal desde janeiro do ano passado quando o índice havia alcançado 1,34%. No período de janeiro de 2010 a janeiro deste ano, o IPC subiu 7,62%.

As maiores pressões no orçamento das famílias ocorreram em transporte com alta de 3,18% ante 0,39% no mês passado e educação com 5,61% ante 0,10%. Dos sete grupos pesquisados, apenas o de alimentação apresentou decréscimo passando de 1,38% (em dezembro) para 0,73%. No acumulado de janeiro a janeiro, porém, este grupo lidera os aumentos (13,01%), seguido por educação com 11,43% e transporte (10,46%).

Os demais grupos apresentaram no primeiro mês do ano as seguintes taxas: habitação teve alta de 0,41% ante 0,21%; despesas pessoais 0,85% ante 0,31%; saúde 0,39% ante 0,23% e vestuário 0,04% ante 0,67%.