Serviços dos bancos são aprovados pelos brasileiros, diz IPEA

Os bancos brasileiros são aprovados por seus usuários no que diz respeito à segurança e ao tempo de atendimento. A conclusão é de uma pesquisa divulgada hoje (11 de janeiro) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). O levantamento considerou um total de 2.770 pessoas, em todas as regiões do País.

De acordo com a pesquisa, considerando o público que já possui conta, nada menos que 78,8% consideram o tempo gasto para realizar operações bancárias ‘satisfatório’ ou ‘muito satisfatório’ – segundo o IPEA, esses foram os termos usados nas entrevistas. Já em relação ao tema ‘segurança das operações nas agências’, 78,2% dos consumidores se consideraram ‘satisfeitos’ ou ‘muito satisfeitos’. A pesquisa considerou, ainda, o horário de funcionamento dos estabelecimentos, aprovados por 65,1% dos clientes.

“O sistema bancário brasileiro demonstrou possuir uma boa avaliação quanto à percepção das atividades desenvolvidas”, diz o relatório do IPEA. A pesquisa indica que há, no País, “uma parcela considerável do sistema que se manifestaram interessados na inclusão”. 

Segundo o diretor de Relações Institucionais da FEBRABAN, Mário Sérgio Vasconcelos, embora ainda haja muito a fazer, a pesquisa revela os avanços do setor bancário na melhoria continuada de seu atendimento aos consumidores e na ampliação das ofertas de produtos e serviços para a sociedade. A ampliação do acesso as contas bancárias e cartões de crédito, são bons exemplos.  Para se ter uma idéia, de 2000 a 2009, o número de contas existentes no País aumentou 110%, atingindo um total de 133,6 milhões de contas. No mesmo período, o total de cartões de crédito registrou um avanço de 369%. 

A oferta de canais de relacionamento também vem aumentando substancialmente, seja na forma de agências, dos meios eletrônicos, como o Internet Banking ou dos correspondentes - estabelecimentos que realizam operações bancárias, como casas lotéricas, supermercados e lojas dos correios. 

Para se ter uma idéia, o total de agências aumentou de 16,4 mil em 2000 para 20 mil em 2009. No mesmo período, o número de contas de Internet Banking registrou um expressivo aumento de 322% (de 8,3 milhões para 35 milhões). E o total de correspondentes aumentou de 54 mil para 223 mil, um avanço de 313%.  

A própria pesquisa do IPEA corrobora com a idéia de que a bancarização vem aumentando no País, indicando que 44% das pessoas que têm conta bancária possuem essas contas há, no máximo, cinco anos. Por isso, para melhor informar esses novos clientes a respeito dos produtos e serviços bancários, a FEBRABAN vem colocando à disposição da população uma série de novidades. Um exemplo é o Sistema de Divulgação de Tarifas e Serviços Financeiros da FEBRABAN (Star – www.febraban-star.org.br), lançado em 2007 e que permite a comparação das tarifas e dos pacotes de serviços cobrados pelas instituições. 

Além disso, também há o crescimento substancial do crédito para pessoas físicas, que aumentou de 3,7% em janeiro de 2010 para 15,2% em novembro de 2009.  Esse crescimento motivou a criação de um Programa de Educação Financeira que pode ser acessado no endereço www.meubolsoemdia.com.br. O site oferece, por exemplo, planilhas para controle de orçamento, dicas de como comprar melhor utilizando programas de recompensas – como bônus de cartões de crédito, consumo consciente do crédito, e informações a respeito dos termos usados no relacionamento com os bancos.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais