Petrobras é 2ª maior em patrimônio da América Latina e EUA

O patrimônio líquido da Petrobras subiu de US$ 98,23 bilhões em junho deste ano para US$ 175,51 bilhões em setembro, o que coloca a estatal petrolífera como a segunda maior empresa de capital aberto da América Latina e Estados Unidos neste quesito, ante um décimo lugar em junho, segundo levantamento divulgado pela consultoria Economatica nesta quarta-feira. O aumento foi causado pela emissão de ações com objetivo de capitalizar a empresa para a exploração do pré-sal.

Em setembro, a Petrobras levantou cerca de US$ 78 bilhões na maior oferta pública de ações do mundo, deixando o governo brasileiro com uma participação de 55% na companhia. Até então, a maior capitalização da história havia sido a da japonesa NTT, que movimentou US$ 36,8 bilhões em 1987.

O primeiro lugar do ranking com 30 companhias é do Bank of América, com patrimônio líquido de US$ 230,49 bilhões. Mais três empresas brasileiras estão entre as maiores da lista: Vale aparece na 15ª colocação, com US$ 67,42 bilhões, Eletrobrás na 24ª posição com US$ 46,60 bilhões e o Banco Santander Brasil na 30ª colocação com US$ 38,89 bilhões. Todas as demais empresas da lista são americanas.

De acordo com a Economatica, o patrimônio líquido representa os valores que os sócios ou acionistas têm na empresa em um determinado momento. Para o cálculo, foram utilizados os números apresentados a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) ou equivalente em cada país e a cotação do dólar de 30 de setembro.