Petrobras confirma que produção de petróleo ficará abaixo meta fixada para 2010

A produção brasileira de petróleo ficará mais de 2,5% abaixo da meta prevista para este ano, de 2,1 milhões de barris por dia, em média. O resultado deve ser inferior, inclusive, à margem de erro estipulada pela estatal, que é 2,5%. As informações foram dadas pelo próprio presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli.

Ele atribuiu a menor produção a problemas enfrentados pela companhia este ano, como paradas não previstas de plataformas e atrasos na concessão de licenças ambientais.

Gabrielle falou na sessão de abertura do 13º Congresso Brasileiro de Energia, que vai até amanhã (10), no Centro de Convenções da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), e que tem como tema energia e qualidade de vida. Também participaram da abertura do congresso o ministro de Minas e Energia, Marcio Zimmermann, o diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Haroldo Lima, e o presidente da Eletrobras, José Antônio Muniz Lopez.