IPC acelera para 0,47% na segunda prévia de outubro

 

    SÃO PAULO - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou variação de 0,47% na segunda prévia de outubro, ante 0,24% no mesmo período do mês anterior, segundo informações divulgadas hoje pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). De acordo com a pesquisa, 6 das 7 classes de despesa componentes do índice registraram acréscimos em suas taxas de variação, com destaque para Alimentação (de 0,28% para 0,93%). Neste grupo, vale mencionar o comportamento dos preços dos itens: arroz e feijão (de -2,27% para 6,25%), laticínios (de -0,34% para 1,28%), hortaliças e legumes (de -3,28% para -2,28%) e carnes bovinas (de 2,92% para 3,56%).

Também registraram avanços em suas taxas os grupos: Vestuário (de 0,35% para 0,91%), Despesas Diversas (de 0,11% para 0,20%), Habitação (de 0,24% para 0,32%), Educação, Leitura e Recreação (de 0,13% para 0,20%) e Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,38% para 0,41%).

Os itens que mais influenciaram a aceleração destas classes de despesa foram: roupas (de 0,33% para 0,97%), cerveja (de -0,97% para 1,29%) taxa de água e esgoto residencial (de 0,37% para 1,33%), salas de espetáculo (de 0,01% para 2,71%) e artigos de higiene e cuidado pessoal (de 0,09% para 0,67%), respectivamente.

Em sentido oposto, apenas o grupo Transportes (de 0,16% para -0,06%) apresentou decréscimo em sua taxa de variação. Nesta classe de despesa, vale destacar os itens: gasolina (de 0,36% para -0,63%) e seguro facultativo para veículo (de 1,39% para -0,20%), respectivamente.

(CSU - Agência IN)