Déficit em conta corrente da Eurozona registra alta

     FRANKFURT - O déficit em conta corrente da zona euro chegou em agosto a 7,5 bilhões de euros (10,4 bilhões de dólares), quase o dobro do que foi registrado em julho, segundo dados provisórios divulgados pelo Banco Central Europeu (BCE). O déficit de julho foi de 4,1 bilhões de euros, de acordo com dados revisados para cima e divulgados nesta terça-feira (o cálculo inicial era de um déficit de 3,8 bilhões de euros).

A conta das transações correntes mede os negócios de bens e serviços de um país ou uma região com o exterior (inclui balança comercial, contas de serviços e remessas) e sua evolução é acompanhada de perto pelos investidores e parceiros comerciais.

Nos últimos 12 meses, a zona euro, formada por 16 dos 27 países da União Europeia (UE), registrou um déficit em conta corrente de 48,6 bilhões de euros, equivalentes a 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB).

A balança de pagamentos, que inclui a conta corrente, a conta de capitais (com investimentos estrangeiros diretos) e a conta financeira, sofreu um déficit de um bilhão de euros.