Ibovespa volta aos 69 mil pontos com ações da Petrobras

O comportamento negativo das ações da Petrobras continuou ditando o rumo do Ibovespa nesta quinta-feira. Além disso, o rebaixamento da recomendação de alguns papéis do setor de siderurgia também prejudicou o andamento dos negócios, puxando uma realização de lucros. No final do dia, o índice acionário perdeu 0,88%, aos 69.918 pontos. O giro financeiro da bolsa fechou em R$ 11,020 bilhões. Segundo Danilo Cocchia, sócio da ON Investimentos, a informação de que a produção de petróleo da Petrobras em campos nacionais deve ficar entre 2% e 3% abaixo do previsto para este ano seguiu no foco dos investidores e com isso eles desmontaram posições. Somam-se a isso, as recomendações negativas de analistas nos últimos dias. As ações PN da estatal caíram 2,16% no pregão.

Outro fator que colaborou para o dia de queda do Ibovespa foi o rebaixamento da recomendação de "compra" para "manutenção" das ações da Usiminas e da Gerdau, pelo Deutsche Bank. O relatório da instituição citou que "os baixos preços domésticos e a concorrência com o aço importado como fatores que podem afetar os resultados das empresas". Diante disso, as ações preferenciais desceram, nesta ordem, 2,57% e 1,40%.

Já os papéis da Net (PN) encerraram entre as maiores oscilações positivas do Ibovespa, com avanço de 4,15%. A Oferta Pública de Aquisição (OPA) voluntária de ações preferências da Net Comunicações e Serviços (NETC4L) foi concluída ao preço de R$ 23,00 por ação. O leilão movimentou R$ 3.308.629.028,00 em 1.795 negócios no pregão de ações.

No cenário externo, os indicadores econômicos foram mistos e acabou deixando as bolsas em direções opostas. O mercado se surpreendeu positivamente com o número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos que recuou 8 mil na semana encerrada dia 2 de outubro.

Entretanto, o indicador se contrapôs com o crédito ao consumidor dos Estados Unidos. O índice teve recuo de US$ 3,3 bilhões em agosto variando de US$ 2,417 trilhões, em julho, para US$ 2,414 trilhões. O dado veio pior do que esperado pelo mercado, que estimava retração de US$ 3 bilhões. "Apesar de ter vindo positivo, o indicador acabou não intervindo muito na bolsa", acrescetou Cocchia.