Crédito ao consumo deverá perder espaço, diz Serasa

     SÃO PAULO - O Indicador Serasa Experian de Perspectiva do Crédito ao Consumidor caiu 1,9% em agosto de 2010, a sexta queda mensal consecutiva, atingindo o valor de 101,5 pontos. Este movimento sinaliza que as concessões de crédito com recursos livres, para pessoas físicas, deverão evoluir mais lentamente ao longo dos próximos seis meses.

As operações de crédito com recursos livres são, em sua ampla maioria, voltadas ao consumo e a disposição das pessoas físicas em aumentar seus níveis de endividamento permanece elevada (indicada por fatores como confiança dos consumidores em alta e mercado de trabalho em momento favorável). Esses dois fatores sinalizam também que as operações de crédito imobiliário (feitas, basicamente, com recursos direcionados), deverão continuar se destacando em termos de evolução da carteira de crédito do sistema financeiro às pessoas físicas, durante os próximos meses, de acordo com análise dos economistas da Serasa Experian.

(MLC - Agência IN)