Inflação semanal sobe 0,46% em setembro

      RIO - Os alimentos voltaram a pressionara o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), que subiu 0,46% em setembro, após queda de 0,08% em agosto e alta de 0,40% na terceira prévia do mês passado, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta sexta-feira.  As maiores altas individuais de preços em setembro foram de limão, tarifa de água e esgoto, pão francês, alcatra e melancia. Os preços do grupo Alimentação aumentaram 0,84% em setembro, após queda de 0,64% em agosto.

Os de Vestuário subiram 1% em setembro. Os custos de Educação subiram 0,30% nesta leitura, seguindo a baixa de 0,07% antes. Os preços de Habitação tiveram elevação maior, de 0,32% agora contra 0,26% antes, assim como os de Saúde e cuidados pessoais, que avançaram 0,44% em setembro, ante 0,25% em agosto.  Já os preços de Transportes caíram, em 0,01% em setembro, depois de subirem 0,15% em agosto.