Produtores de arroz do RS ganham mais crédito

SÃO PAULO, 30 de setembro de 2010 - O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou a ampliação do prazo para contratação da linha de crédito emergencial destinada aos produtores de arroz do Rio Grande do Sul. A partir da decisão, a data limite para acessar o financiamento passa de 30 de setembro para 20 de dezembro deste ano, informou hoje o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A medida possibilita a contratação de crédito por maior número de agricultores para recuperação da capacidade produtiva da área danificada pelas enchentes, trombas d'água e enxurradas, ocorridas entre novembro de 2009 e março deste ano. O limite máximo de financiamento por beneficiário é de R$ 600 mil e os juros são diferenciados, de 5,75% ao ano, conforme a Resolução Nº 3.873.

A linha de crédito de R$ 204 milhões foi instituída em maio pelo CMN. Os recursos, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), foram direcionados do Programa de Estímulo a Produção Agropecuária (Produsa).

O Conselho aprovou também a reprogramação das dívidas de custeio dos produtores de maçã da região Sul, contratadas na safra 2009/2010. Os débitos poderão ser pagos parceladamente, nos meses de outubro, novembro e dezembro de 2010. Os produtores nessa situação devem solicitar a renegociação até 15 de outubro deste ano.

(Redação - Agência IN)