Fundos DI seguem como opção segura para investimentos

SÃO PAULO, 30 de setembro de 2010 - Os fundos DI são a opção mais segura, com juro real em torno de 5% a 6% ao ano. Em outubro, o rendimento bruto será na faixa de 0,60% a 0,90%, dependendo da taxa de administração do fundo e da "marcação a mercado", avalia Fábio Colombo, administrador de investimentos.

O conceito de marcação a mercado é muito importante, pois permite conhecer o valor atual real de fluxos futuros que compõem uma carteira, ou seja, o valor que se poderia obter no mercado na hipótese de realização dos ativos.

Ainda segundo Colombo, os fundos de renda fixa, deverão continuar apresentando muita oscilação devido às constantes mudanças nas expectativas do mercado em relação aos movimentos do Banco Central (BC) sobre a política de juros. "São opções de diversificação para investidores moderados e agressivos", avalia.

Os Fundos Cambiais (dólar e euro) tiveram resultados diversos em setembro devido à recuperação parcial do euro frente ao dólar. Colombo ressalta que continuam como opção para diversificação de portfólio, como uma forma de seguro, para investidores com perfil conservador e moderado, com visão de longo prazo, caso o cenário continue incerto.

O executivo ressalta que em outubro o investidor deverá ficar atento aos índices de crescimento e inflação das economias dos EUA, China e Europa. No Brasil, os índices de crescimento e inflação, bem como as especulações sobre o comportamento do Comitê de Política Monetária (Copom) nas próximas reuniões, além dos desdobramentos da operação de capitalização da Petrobras, no mercado acionário brasileiro.

Em razão da alta do Ibovespa em setembro, permanece a recomendação de venda gradativa parcial da carteira de ações, sugere Colombo.

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)