Eleitores do CE correm para tirar segunda via do título

SÃO PAULO, 30 de setembro de 2010 - Cerca de 3,8 mil pessoas deixaram para tirar na última hora a segunda via do título de eleitor em Fortaleza. Ainda sem saber da decisão de hoje do Supremo Tribunal Federal (STF), que definiu a necessidade de apresentação de apenas um documento com foto para votar no próximo domingo (3), os eleitores cearenses lotaram a Central de Atendimento ao Eleitor e as unidades móveis do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), que concentraram a reimpressão dos títulos na capital cearense.

Segundo o chefe da central, Romaico Carvalho, os servidores do TRE-CE estão trabalhando em regime de plantão, ininterruptamente, desde o dia 23 de agosto. "Hoje é o 39º dia que estamos trabalhando direto, sem pausas para o almoço e sem fechar nos fins de semana. O plantão só vai acabar no dia 4, quando tradicionalmente nós fechamos para recompor as energias", disse Carvalho.

Segundo ele, desde maio todos os outros serviços relacionados à Justiça Eleitoral, como alteração de dados cadastrais, retirada do primeiro título ou mudança de domicílio estão suspensos. O trabalho foi concentrado na impressão da segunda via de mais de 61 mil documentos. "Quando o prazo ia acabar, no último dia 23, houve um anúncio da prorrogação [para hoje]. Aí, houve uma queda considerável no número de atendimentos, que só voltou a crescer nos últimos dois dias".

Apesar da decisão de hoje do STF, Carvalho acredita que o trabalho não foi em vão porque o documento é importante em outros momentos, quando é necessário demonstrar que o cidadão está em dia com a Justiça Eleitoral. "Mas, se essa decisão tivesse saído até o último dia 23, podíamos ter evitado essa prorrogação desnecessária", alegou Carvalho. A normalização do atendimento para os outros serviços relacionados à Justiça Eleitoral em Fortaleza só deve ocorrer em novembro, após o segundo turno das eleições. As informações são da Agência Brasil.

(Redação - Agência IN)