Bancários: greve fecha quase 5 mil agências em 2º dia

A greve nacional dos bancários cresceu e fechou, nesta quinta-feira, 4.895 agências, segundo dados da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). No primeiro dia, foram 3,8 mil portas fechadas.

A expectativa dos organizadores da paralisação é que o número aumente nos próximos dias. "A indignação dos bancários... fez a greve aumentar no segundo dia e a tendência é crescer ainda mais à medida que o tempo vai passando e os bancos não apresentam proposta com avanços econômicos e sociais", diz Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT

A Contraf divulgou, também nesta quinta-feira, dizendo a sociedade que optaram pela greve após, segundo eles, uma negativa dos bancos em negociarem e se colocaram a disposição das agências para tratativas.