Empresários reveem para cima expectativas de faturamento

SÃO PAULO, 23 de setembro de 2010 - O otimismo do empresariado apresenta evolução para o último trimestre do ano. Apesar de ter o mesmo patamar do trimestre anterior (59%), no que diz respeito aos que vão rever seu faturamento, os que vão fazê-lo para cima são 87%, ante 84% no 3º trimestre. Os que vão manter suas expectativas são 41%. A Pesquisa Serasa Experian de Perspectiva Empresarial para o 4º trimestre foi a campo de 30 de agosto a 3 de setembro e entrevistou 1.015 empresas de todos os portes, setores e atividades, em todo o País.

Na análise por setor, há um empate. Entre o empresariado do setor de serviços e do comércio, 87% reavaliam positivamente suas perspectivas de faturamento para o final de ano. Na indústria são 86%.

Na comparação por porte, o pequeno e o médio se igualam com 87% e as grandes empresas ficam com 83% de seus empresários acreditando que o faturamento de seu negócio crescerá.

A Região mais otimista é o Nordeste, onde 94% dos empresários já enxergam um final de ano melhor. Na sequência estão o Norte (87%), o Sudeste (86%), o Centro-Oeste (86%) e o Sul (84%).

Dos empresários entrevistados, 69% deles dizem que neste ano vão aumentar seu faturamento sobre 2009; para 20% será igual e para 11% cairá. Vale lembrar que 2010 começou com 85% dos empresários acreditando em evolução do faturamento, parcela que veio gradualmente caindo, por conta do aperto monetário.

A indústria é o segmento que deve encerrar o ano com maior composição de empresários otimistas (71%), depois dos prejuízos do setor com a crise, em 2009. Na mesma direção estão comércio (69%) e serviços (68%).

As médias empresas apresentam 74% de seus empresários respondendo que 2010 será melhor que o ano anterior, acompanhadas das grandes (72%) e pequenas (67%).

Novamente o Nordeste desponta como a Região que espera melhores resultados para 2010. São 77% de seus empresários apostando nisso. Depois estão o Norte e o Sul, ambos com 69%; Sudeste 68% e o Centro-Oeste 59%.

(MLC - Agência IN)