Crédito consignado e de veículos ajudam na redução de juros

SÃO PAULO, 23 de setembro de 2010 - O crédito consignado e de veículos colaboram para diminuir os juros, aponta o presidente da Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), Adalberto Savioli. Segundo ele, essa redução na taxa média se deve ao aumento da participação de linhas "mais baratas" no total das dívidas dos brasileiros, como crédito consignado e veículos.

"Obviamente, o aumento da competitividade do sistema financeiro e a disputa pelos clientes forçam a queda nos spreads também para essa redução. Entretanto, é inegável a contribuição das linhas de crédito pessoal com garantia, como o consignado, nesse cenário", destaca o executivo.

Segundo o Banco Central, a participação dos empréstimos consignados no crédito pessoal cresceu pelo terceiro mês seguido e chegou a R$ 129,7 bilhões em agosto de 2010. Desse montante, R$ 111,4 bilhões estão direcionados para funcionários públicos e aposentados do INSS. Os juros do consignado caíram em agosto para 26,4% ao ano, abaixo dos 55,3% praticados em outras modalidades de crédito pessoal.

(Redação - Agência IN)