Contratos de DI apontam estabilidade nas taxas

SÃO PAULO, 23 de setembro de 2010 - A curva de juros futuros abre nesta quinta-feira dentro da estabilidade. Há pouco, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) negociado na BM&FBovespa com vencimento em janeiro de 2012 apontava taxa anual de 11,58%, ante 11,57% da véspera. O DI de janeiro de 2013 registrava juro de 11,93%, mesmo do último ajuste.

Na agenda doméstica desta manhã, destaque para o resultado do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) de 22 de setembro de 2010 que apresentou variação de 0,40%, 0,09 ponto percentual (p.p.) acima da taxa registrada na última divulgação, segundo informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Destaque para a aceleração dos preços dos alimentos.

Já o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que a taxa de desocupação no Brasil ficou estável em 6,7% no mês de agosto, em relação a julho, e caiu 1,4 ponto percentual em relação a agosto de 2009. Esta é a menor taxa para um mês de agosto desde o início da série histórica, em março de 2002.

Operadores comentam que a inflação segue na pauta dos negócios de renda fixa e com as expectativas de inflação subindo e dados de atividade mais forte, as dúvidas em relação aos juros no Brasil começam a aparecer e a pergunta do mercado é "Até quando o Banco Central irá manter a taxa Selic?".

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)