Blockbuster pede concordata nos Estados Unidos

A locadora americana Blockbuster declarou concordata nesta quinta-feira, vítima do crescimento da Netflix, serviço de entrega de filmes pela Internet, e de quiosques como a Redbox.

A decisão faz com que centenas de lojas da Blockbuster nos Estados Unidos fechem suas portas, enquanto a companhia sediada no Texas faz uma tentativa tardia de focar na distribuição digital.

A Blockbuster informou ter chegado a um acordo com um grupo de credores em um plano de melhorar sua situação financeira, enquanto tenta reverter a situação de seus negócios.

O plano reduziria a dívida da companhia de seu nível atual de aproximadamente 1 bilhão de dólares para cerca de 100 milhões de dólares.

Jim Keyes, CEO da Blockbuster, afirmou que a medida permitira à Blockbuster "continuar a transformar nosso modelo de negócio para atender as preferências atuais de nossos clientes".

Keyes disse que a Blockbuster dispõe de "uma boa marca, um excepcional acervo de mais de 125.000 títulos, e nossa posição como único operador que oferece acesso a diversos canais de entrega - lojas, quiosques, por correio e Internet".

A Blockbuster, que tem mais de 3.000 lojas nos Estados Uniods, já revelou planos de fechar 1.000 delas. Com a reorganização, de 500 a 800 lojas adicionais devem ser fechadas, de acordo com o Wall Street Journal.

Blockbuster disse que suas operações fora dos EUA e suas franquias domésticas e internacionais, entidades legalmente separadas, não incluídas nos procedimentos de concordata.

Durante a reorganização, todas as lojas americanas, quioques de vendas de DVDs e outras operações permanecerão abertas, informou a Blockbuster.

As ações da Netflix subiram 3,45%, a 162,35 dólares, no início das negociações em Wall Street nesta quinta-feira, depois de terem subido mais de 6% na quarta-feira por conta de relatórios que apontavam que um pedido de concordata da Blockbuster seria iminente.

As ações da Blockbuster caíram e estão operando praticamente sem valor.

A Netflix, que oferece filmes para assinantes pela Internet e entrega DVDs por correio, prosperou - expandindo para o Canadá na quarta-feira, sua primeira filial fora dos Estados Unidos - enquanto a Blockbuster luta para sobreviver.

Netflix, que tem mais de 15 milhões de membros, introduziu um serviço no Canadá que permite aos assinantes a assistir um ilimitado número de filmes e episódios de TV da Netflix para TVs e computadores por 7,99 dólares por mês.

Há alguns anos, a Blockbuster chegou a operar mais de 7.200 lojas em América, Europa, Ásia e Austrália, mas foi forçada a fechar centenas enquanto consumidores migraram para outras modalidades como pedidos de filmes pela Internet.