Ipatinga aposta na indústria naval

SÃO PAULO, 22 de setembro de 2010 - O mercado de construção naval é uma nova fonte de recursos para as indústrias do setor metal-mecânico de Ipatinga, no Vale do Aço. As empresas Viga Calderaria, Arcon Refrigeração e CMI Montagens identificaram a nova oportunidade de negócio no final do ano passado, em missão organizada pelo Sebrae-MG à feira Navalshore, no Rio de Janeiro.

Os empresários perceberam que o mercado era promissor, fabricaram dutos de ventilação e exaustão para navios e tornaram-se fornecedores do estaleiro Mauá. "Um novo mercado se abriu. No ano passado, no momento de crise, as vendas para esse mercado sustentaram muitos empregos", ressalta o diretor da Arcon, Jorge Vello.

O técnico do Sebrae-MG, Fabricio Fernandes, afirmou que o fornecimento para o estaleiro Mauá só foi possível devido à união das empresas. "Cada indústria produzia um componente da peça. Incentivamos o trabalho cooperativo e as empresas aumentaram a competitividade", ressalta Fabrício.

(Redação - Agência IN)