Deputado é multado por propaganda em favor de Dilma

SÃO PAULO, 22 de setembro de 2010 - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aplicou hoje multa de R$ 5 mil ao deputado federal Vicente Paulo da Silva (Vicentinho), que concorre à reeleição, pelo Partido dos Trabalhadores (PT), em São Paulo. Ele teria feito propaganda eleitoral antecipada da então pré-candidata à presidência da República, Dilma Rousseff, por meio de seu boletim parlamentar, publicado em abril de 2010, com o nome de "Revista do Vicentinho", informativo custeado pela Câmara dos Deputados no qual são noticiadas as atividades parlamentares.

A revista continha a informação de que um operário já havia sido eleito para a Presidência da República e, agora, a primeira mulher para governar o Brasil estava na iminência de fazer o mesmo.

A representação foi ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) no qual alegava que "o texto distanciou-se da finalidade supostamente pretendida pelo representado [Vicentinho], qual seja, promover a introdução do conteúdo da revista, assumindo nítida conotação eleitoral, na medida em que fez referência à proximidade das eleições 2010". Sustentava que o propósito eleitoral da publicidade "é flagrante, eis que destaca, de maneira indireta, que a eleição de Dilma Rousseff trará avanços para a população brasileira".

(Redação - Agência IN)