Governo poderá rever previsão de crescimento do PIB de 7% para 7,4%

Alana Gandra, Agência Brasil

RIO DE JANEIRO - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, admitiu hoje (15) que a previsão oficial de aumento do Produto Interno Bruto (PIB) de 7% para este ano poderá ser corrigida a partir dos números do terceiro trimestre. Porque aí você sabe concretamente o que aconteceu e, provavelmente, você vai subir essa conta de 7% para 7,3% ou 7,4%. Alguma coisa assim. Eu diria que 7% já estão garantidos , afirmou.

O crescimento do PIB primeiro semestre foi de 8,9%, mas está em desaceleração. A maioria dos analistas prevê um crescimento acima de 7%. Eu prefiro ir pari passo, deixar que a economia mostre seus resultados para depois fazer a correção dos dados do governo .

O ministro lembrou que a última vez em que o PIB brasileiro cresceu acima de 6% foi em 1986. A diferença, segundo ele, é que o crescimento hoje é sustentável. É um crescimento sólido, que poderá prosseguir nos próximos anos . Para o próximo quadriênio, a estimativa é crescer, em média, 5,8% ao ano.

Mantega destacou que a taxa de investimento deve fechar o ano entre 22% e 23%, o que é excelente . O ministro disse que não é o consumo que está puxando o crescimento, mas o investimento, o que resulta em aumento da produtividade. O ministro deu as declarações ao falar para cerca de mil empresários da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro.