Fluxo cambial volta a ficar positivo na segunda semana do mês

Kelly Oliveira, JB Online

BRASÍLIA - O saldo da entrada e saída de dólares do país, o fluxo cambial, ficou positivo em US$ 2,114 bilhões em setembro, até o último dia (10), segundo dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (15). O resultado preliminar do mês reverte o saldo negativo da primeira semana, com três dias úteis, de US$ 319 milhões. Na segunda semana, o saldo foi positivo em US$ 2,434 bilhões.

A maior entrada de dólares do que saída ocorre em momento que antecede a capitalização da Petrobras, que deve atrair a moeda americana para o país e estimular a redução da cotação do dólar.

Esse resultado é formado pelo fluxo financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações) e o comercial (fechamentos de contrato de câmbio de exportações e importações).

No segmento financeiro, a maior entrada do que saída de dólares gerou saldo positivo de US$ 2,895 bilhões, enquanto o fluxo comercial ficou negativo em US$ 781 milhões.

Em agosto, o fluxo cambial fechou negativo em US$ 680 milhões. De janeiro até o dia 10 de setembro, o fluxo cambial está com saldo positivo de US$ 5,509 bilhões, contra US$ 5,587 bilhões em igual período de 2009.

No acumulado deste ano, o fluxo financeiro está positivo em US$ 7,739 bilhões e o comercial, negativo em US$ 2,230 bilhões.