Grã-Bretanha anuncia multa milionária ao banco Goldman Sachs

S O PAULO, 9 de setembro de 2010 - A autoridade financeira britânica anunciou nesta quinta-feira uma multa de 17,5 milhões de libras (US$27 milhões) ao banco de investimentos americano Goldman Sachs por não ter comunicado dados relacionados a acusações de fraude nos Estados Unidos.

A FSA (Financial Services Authority) considerou que as filiais britânicas do Goldman Sachs não apresentaram informações sobre uma investigação aberta contra o banco pela SEC (o organismo que regula a Bolsa de Valores nos Estados Unidos).

A SEC acusou o Goldman Sachs de ter enganado os clientes ao vender produtos financeiros derivados de créditos imobiliários de risco, os "subprimes". A explosão da bolha criada pela proliferação dos subprimes desencadeou em 2007 a crise financeira mundial.

Por este caso, o Goldman Sachs foi condenado em julho passado pela SEC a pagar uma multa recorde de US$550 milhões.

(Redação com AFP - Agência IN)