Após atuação do BC dólar sobe 0,12%

S O PAULO, 9 de setembro de 2010 - Após o Banco Central (BC) manter a rotina e comprar dólares no mercado de câmbio doméstico a R$ 1,7236, a moeda norte-americana subiu 0,12%, cotada a R$ 1,727 para venda. A mínima da manhã foi de R$ 1,722.

Para analistas as expectativas de aumento de fluxo de dólares para o País, reforçadas pelo intenso noticiário sobre as captações brasileiras no exterior e pela capitalização da Petrobras, devem continuar exigindo que o BC, a exemplo de ontem, adote uma postura mais agressiva para evitar que as cotações rompam o "piso" de R$1,70, especialmente se o cenário externo continuar com o viés positivo deste início de dia.

Na agenda doméstica destaque para a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) na qual fala sobre o amadurecimento da economia, com condução sustentável do tripé: superávit primário, câmbio flutuante e metas de inflação. As decisões de política monetária são mais eficientes, não sendo necessário fortes ajustes para conduzir as expectativas e trazer a inflação para a meta, mesmo que o tempo de convergência seja maior.

Na Europa, Yves Mersch, membro do conselho do Banco Central Europeu (BCE), afirmou que a economia da zona do euro já dá sinais de recuperação sustentável.

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)