Álcool pressiona ICV de agosto, diz Dieese

S O PAULO, 9 de setembro de 2010 - Em agosto, o aumento de 7,74% no preço do álcool combustível pressionou o grupo Transporte que, com alta de 0,82% foi o grupo que mais contribuiu para a taxa de 0,25% apurada pelo Índice do Custo de Vida (ICV) - calculado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A inflação do último mês foi 0,11 pontos percentuais (p.p.) maior que a de julho (0,14%).

As taxas por estrato de renda (mantêm uma correlação positiva com o poder aquisitivo das famílias, ficando em 0,17%, para os mais pobres do estrato 1; em 0,24% para aquelas com nível intermediário de rendimento, do estrato 2 e chegou a 0,28% para as de maior poder aquisitivo, do 3º estrato.

Vale lembrar que no estrato 1 estão incluídas as famílias com renda média de R$ 377,49; o 2º engloba aquelas com rendimento médio de R$ 934,17 e no 3º, aquelas que ganham em média R$ 2.792,90 , em valores de junho de 1996.

Além da variação de 0,82%, no Transporte, também foram registrados aumentos na Habitação (0,51%), Saúde (0,14%), Vestuário (0,05%) e Alimentação (0,04%). Taxas negativas foram detectadas nos grupos: Equipamento Doméstico (- 0,08%) e Educação e Leitura (- 0,14%).

(MLC - Agência IN)