Serra promete criar clínicas para dependentes químicos

S O PAULO, 23 de agosto de 2010 - O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, disse hoje que, caso seja eleito, vai criar clínicas para tratamento de dependentes químicos, viciados em drogas e álcool. Segundo Serra, o combate às drogas é um assunto fundamental para o país.

"O crack no Brasil de hoje é uma verdadeira desgraça. Tem que ser combatida a entrada de cocaína pelas fronteiras, coisa que o governo federal não fez adequadamente. Tem que ser combatido o tráfico e tem que ter um processo educacional para afastar a juventude das drogas", defendeu o candidato, após participar de uma caminhada de pouco mais de uma hora pelas ruas do centro da cidade de Sorocaba, a 90 quilômetros da capital. Segundo Serra, uma dessas clínicas seria criada em Sorocaba.

Na caminhada pelo centro comercial da cidade, Serra esteve acompanhado pelo candidato ao governo de São Paulo Geraldo Alckmin, sua esposa Mônica Serra e por militantes. Ao som dos jingles dos candidatos e dos apitos dos manifestantes, Serra e Alckmin entraram em lojas de roupas e sapatos e até farmácias para abraçarem e cumprimentarem os funcionários e os clientes das lojas.

Na entrevista concedida aos jornalistas, ao final da caminhada, Serra também afirmou que fará mudanças nos pedágios federais. "Os pedágios federais hoje são inclusive uma fraude. Não tiveram investimento nenhum nas rodovias federais", afirmou.

Em seguida, os candidatos seguirão para um conjunto habitacional no Jardim Tulipa, também em Sorocaba, onde foram construídos apartamentos para famílias que ganham até três salários mínimos. "O importante é que essas unidades que vou olhar são apartamentos mais confortáveis para famílias de até três salários mínimos, que é o grande problema do Brasil", afirmou. De acordo com Serra, sua proposta é de estender o projeto para todo o país. As informações são da Agência Brasil.

(Redação - Agência IN)