Netanyahu cancela reunião com diretor da AIEA

S O PAULO, 24 de agosto de 2010 - O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu cancelou um encontro com o diretor geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano, informa o jornal Haaretz.

Amano, que chegou a Israel na segunda-feira, havia solicitado a reunião com Netanyahu há vários meses.

O encontro, previsto para segunda-feira, pouco depois do desembarque do japonês em Israel para a primeira visita ao país desde que assumiu o cargo em dezembro, foi cancelado na semana passada, segundo o jornal.

Amano afirmou em julho que pretendia ter um contato pessoal com as autoridades israelenses para tentar convencê-las a assinar o Tratado de Não Proliferação Nuclear (TNP).

A visita de Amano tem como objetivo melhorar as relações entre Israel e a agência da ONU, que era muito tensas na época do diretor anterior, o egípcio Mohamed ElBaradei.

Israel nunca admitiu que tem um arsenal nuclear, mas analistas estrangeiros calculam que o Estado hebreu dispõe de 100 a 300 ogivas nucleares.

As autoridades israelenses praticam a doutrina da "ambiguidade", que consiste em afirmar que o país não será o primeiro a introduzir o armamento nuclear no Oriente Médio.

(Redação com AFP - Agência IN)