Mercedes-Benz financia R$ 29,5 milhões para a Fagundes

S O PAULO, 26 de agosto de 2010 - O Banco Mercedes-Benz acaba de fechar um novo negócio com a Fagundes Construção e Mineração. Foram financiados R$ 29,5 milhões para a compra de 56 veículos Mercedes-Benz, sendo 50 unidades do Actros 4844 8x4 e seis do Actros 2646 LS 6x4, além de implementos. Para este ano, ainda está prevista a aquisição de mais 100 caminhões com financiamento do Banco Mercedes-Benz.

Para a instituição financeira, este negócio é resultado da parceria entre o Banco e a Mercedes-Benz para oferecer um produto de última geração com um financiamento adequado. "Além do conhecimento sobre a atuação da Fagundes, o Banco Mercedes-Benz ofereceu uma condição especial que possibilitou o financiamento. Assim, o cliente pode contar com o pacote completo: um caminhão de alta tecnologia e uma linha de crédito diferenciada, por meio de CDC, que permite uma aprovação rápida e necessita de menos documentos, resultando em agilidade no fechamento da operação", analisa Abib Cury, coordenador de Key Account do Banco Mercedes-Benz.

Por ser um veículo importado e não permitir a realização da operação de Finame, a modalidade escolhida foi o CDC (Crédito Direto ao Consumidor). O prazo foi de 36 meses e 100% do valor dos veículos foi financiado.

Cliente do Banco Mercedes-Benz desde 1997, a Fagundes Construção e Mineração já financiou mais de R$ 400 milhões com a instituição oficial da Mercedes-Benz no Brasil. "Sendo o Banco da Montadora, o Mercedes-Benz conhece nosso negócio e nossas necessidades. Com isso, conta com flexibilidade de negociação e oferece custos diferenciados. Em nossas aquisições, damos preferência a estas instituições", analisa José Fernando Fagundes, diretor Comercial da Fagundes Construção e Mineração.

A entrega dos veículos foi finalizada em julho pela concessionária Metropolitana de Veículos. Os caminhões foram adquiridos para a ampliação da frota da Fagundes, composta por 530 veículos, sendo mais da metade da marca Mercedes-Benz. "Fomos a primeira empresa a comprar o Actros 8x4 e o Actros 2646. Deste 2004, quando conhecemos o produto, apostamos neste modelo, pois sabíamos de sua capacidade e robustez para o nosso trabalho e de seu conforto e ergonomia para nossos motoristas", conta o diretor da Fagundes.

(Redação - Agência IN)