IBGE anuncia recenseamento de 48% da população

S O PAULO, 30 de agosto de 2010 - Até a manhã desta segunda-feira, 30 de agosto, o Censo 2010 já havia contado 48% da população brasileira, cerca de 92,7 milhões de pessoas. Além disso, os recenseadores já haviam visitado 36,4 milhões de domicílios, dos quais em 27,5 milhões houve entrevista com moradores. "A coleta prossegue em ritmo acelerado", afirmou o presidente do IBGE, Eduardo Pereira Nunes.

Dos 5.565 municípios brasileiros, oito já tiveram toda a sua população recenseada. São eles: Fernando de Noronha (PE) Borá (SP), Oliveira de Fátima (TO), Santo Antônio do Rio Abaixo (MG) e os catarinenses Arvoredo, Entre Rios, Lajeado Grande e Pinheiro Preto.

Esses e outros dados estão no link https://www.censo2010.ibge.gov.br/resultados.php, que o IBGE inaugurou hoje e através do qual a sociedade pode acompanhar a população e os domicílios recenseados em cada um dos 5.565 municípios do país.

No caso de municípios onde o trabalho já foi concluído, o IBGE dispõe de outro canal com a sociedade, as Comissões Municipais de Geografia e Estatística (CMGEs), para apresentar os dados do Censo 2010. "Estamos divulgando o andamento da coleta e apresentaremos os resultados finais nas reuniões das CMGEs. Nessas comissões poderemos esclarecer eventuais dúvidas sobre o Censo em cada município", ressaltou o presidente do IBGE. O trabalho de coleta termina em 31 de outubro, e a população de cada município brasileiro será divulgada oficialmente em 27 de novembro.

Até lá, os recenseadores farão visitas domiciliares. Eles podem ser identificados por meio de seu uniforme (colete e boné do Censo 2010), pelo documento de identidade (com nome e foto), que estará visível no bolso do colete, e pelo aparelho de coleta de dados (PDA). A identidade de todos eles pode ser conferida através de ligação gratuita para o telefone 0800-7218181, entre 8h e 22h, e pelo site do Censo 2010, acessível no portal do IBGE, através do link www.censo2010.ibge.gov.br/recenseadores.php.

De acordo com o presidente do IBGE, houve redução no percentual de domicílios fechados - para os quais há evidência de moradores, mas que não são encontrados pelo recenseador numa primeira visita. "Há duas semanas, quando divulgamos o 1º balanço do Censo 2010, esses domicílios representavam 15% do total. Agora, são 10%". Tal dado indica que os cerca de 192 mil recenseadores estão conseguindo entrevistar a população, mesmo que precisem voltar ao mesmo local mais de uma vez. O IBGE estima encontrar cerca de 58 milhões de domicílios ocupados no país.

Mesmo com a necessidade de novas visitas, o andamento do trabalho está dentro do programado. "Fechamos agora um terço do período de tempo de trabalho e já recenseamos 48% da população. Estamos bem", ressaltou o presidente do IBGE.

(Redação - Agência IN)