BID e Apex assinam acordo para o setor químico

S O PAULO, 24 de agosto de 2010 - O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Agência de Promoção das Exportações (APEX-Brasil) assinaram hoje acordo de cooperação técnica para o desenvolvimento do projeto "Estratégia Regional para o Manejo e o Comércio de Produtos Químicos".

O projeto visa desenvolver e adotar uma estratégia comum entre Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile para o comércio de produtos químicos, com foco no aumento das exportações.

O programa, com recursos de US$ 347 mil e prazo de execução de até 30 meses, tem três linhas de ação principais: estabelecer estratégia regional para a implementação do Sistema Globalmente Harmonizado de Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos (que identifica perigos intrínsecos das substâncias e misturas químicas), criar estratégia regional para o registro de produtos químicos no âmbito do Reach (regulamento da União Europeia relativo ao registro, avaliação, autorização e restrição de substâncias químicas para produtos químicos) e desenvolver estratégia regional para o fortalecimento de laboratórios, que classificarão os produtos rápida e corretamente.

O acordo criará um consenso sobre as ações conjuntas e a regulamentação do comércio de produtos químicos, promoção e facilitação de exportações. Outra expectativa é que, após a criação das estratégias comuns, haja uma maior integração produtiva entre as diversas indústrias dos países envolvidos, aumentando as exportações regionais de produtos químicos.

(Redação - Agência IN)