Vendas de materiais de construção sobem 9,43% em julho

S O PAULO, 17 de agosto de 2010 - Em julho, o faturamento total deflacionado das vendas internas de materiais de construção apresentou crescimento de 9,43% em relação ao mês de julho de 2009. O resultado acumulado no período de janeiro a julho deste ano apresentou crescimento de 18,10% em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação com o mês de junho deste ano, houve crescimento de 1,15%. O faturamento acumulado nos últimos 12 meses apresentou crescimento de 5,59% na comparação com os 12 meses anteriores, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira pela Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Construção (Abramat).

O resultado das vendas internas de materiais de construção, acumulado de Janeiro a Julho de 2010, apresentou crescimento de 18,10% em relação ao mesmo período de 2009. Esse desempenho ainda está acima da média de crescimento prevista para 2010 na comparação com 2009, que aponta para 15%. Desde o mês anterior, está sendo observada uma queda na taxa de crescimento do resultado acumulado neste ano na comparação com o ano anterior, que reforça as previsões para o fechamento deste ano.

O número total de funcionários da indústria de materiais de construção apresentou, neste mês de julho, um crescimento de 11,70 % em relação a julho do ano passado. Na comparação com junho deste ano, houve crescimento de 1,07%.

Neste mês de julho, o crescimento das vendas de materiais de construção em relação ao mesmo mês do ano passado apresentou uma redução em relação ao crescimento observado nos meses anteriores. Esse resultado está de acordo com as expectativas de fechamento do ano com um crescimento de 15% sobre o resultado de 2009, pois a base de comparação, representada pelo segundo semestre do ano passado, foi mais elevada que a base do primeiro semestre.

Na comparação com 2008, o resultado total acumulado das vendas no período de janeiro a julho deste ano, foi praticamente equivalente ao resultado acumulado no período janeiro a julho daquele ano, com uma queda de 0,01%. O resultado das vendas dos materiais de acabamento no período janeiro a julho deste ano apresentou crescimento de 4,99% em relação ao mesmo período de 2008, e o dos materiais básicos apresentou queda de 2,29% na mesma comparação.

(Redação - Agência IN)