Tomate, açúcar e batata tem queda no preço

S O PAULO, 4 de agosto de 2010 - A redução generalizada no custo da cesta básica deveu-se, principalmente, à queda no preço do tomate, açúcar e, no Centro-Sul do país, da batata, segundo Pesquisa Nacional da Cesta Básica realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese) em 17 capitais.

De acordo com o levantamento, o preço do tomate caiu, em julho, em todas as 17 capitais pesquisadas, com destaque para cidades do Centro-Sul, como o Rio de Janeiro (-41,77%). O açúcar, produto derivado da cana, que está em plena safra - registrou recuo em seu preço em 15 capitais, em especial em Aracaju (-26,03%) e Brasília (-20,47%). A boa safra, favorecida pelo clima mais seco aumentou a oferta do produto, determinando a redução do preço.

Todas as nove capitais do Centro-Sul do país onde a batata é pesquisada apresentaram redução em julho. O tempo mais firme permitiu uma colheita maior, o que forçou a redução do preço em julho. Ainda há possibilidade de recuo, uma vez que algumas localidades ainda apresentam fortes altas anuais.

A carne - produto de maior peso na composição da cesta - teve as altas anuais mais expressivas observadas em Goiânia (11,34%), Curitiba (8,77%), Salvador (6,12%) e Natal

(6,03%). Com a entressafra, houve redução do abate que, juntamente com o bom volume de exportações, impediu maior queda no preço, que pode ocorrer com um aumento de chuva nas regiões produtoras, com melhoria das pastagens e engorda do gado.

(MCL - Agência IN)