Sou uma política fora do tradicional, diz Dilma

S O PAULO, 18 de agosto de 2010 - A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, disse hoje não ser "uma política tradicional, mas com experiência de governo", após ter sido questionada por um internauta "se não teria sido uma candidata improvisada pelo PT após o presidente Lula precisar 'cortar a cabeça' de José Genoíno, de José Dirceu, e de Antonio Palocci, por conta dos escândalos políticos".

Diante ainda das afirmações de que a candidata é uma neo-petista, com carreira política de bastidores e que nunca participou de uma eleição, Dilma destacou que começou sua vida política lutando contra a ditadura. E acrescentou: "Sou com muita honra a representante de um governo que conseguiu tirar o País de um processo de paralisia. Estamos numa nova era de prosperidade, tiramos 24 milhões da miséria e 31 milhões da pobreza."

As declarações foram feitas durante debate online realizado hoje pelo Universo Online (UOL) e a Folha de S. Paulo.

(Carina Urbanin - Agência IN)